Passe Livre

Publicidade

####_AD_LINK_1_RESPONSIVE_####

O programa do governo Passe Livre visa atender as pessoas que possuem algum tipo de deficiência e são consideradas como carente. O Ministério dos Transportes e Aviação que regulamente o programa, garantindo que milhões de brasileiros sejam beneficiados. Os beneficiários do programa podem ter acesso gratuitamente à transportes em viagens interestaduais.

Passe Livre – Como solicitar

Publicidade

####_AD_LINK_2_RESPONSIVE_####

Para poder solicitar o benefício a pessoa deve possuir algum tipo de deficiência como, deficiência física, mental, visual, auditiva… Além da deficiência a renda do beneficiário deve ser baixa. O pedido pode ser realizado pelo site ou fazendo o envio das informações por Correios.

Passe Livre
Passe Livre

Programa do Governo Passe Livre – informações

Para o pedido por Correios, o usuário deve imprimir e preencher todos os requerimentos, e enviar estes junto das demais documentações. No envio pela internet, o usuário deve preencher os requerimentos no próprio site, anexar a documentação exigida e enviar. Em ambos os casos é necessária a apresentação da cópia do documento de todos os familiares que moram na mesma residência.

Publicidade

####AD_LINK_3_RESPONSIVE####

Publicidade

####_300x250_1-post-middle_####

A cada três anos o benefício precisa ser renovado. Os documentos necessário são, formulário para requerimento do benefício, declaração da renda familiar, laudo médico, foto 3×4, documento de identidade, comprovante de residência. O laudo médico deve seguir os padrões exigidos pelo programa, a fim de comprovar a deficiência do usuário.

Para o usuário se enquadrar como carente, cada membro da família que resida com ele não pode ser mais que um salário mínimo. Após o usuário finalizar o envio das informações e ter o cadastro aprovado, a credencial chegará no endereço informado em até 30 dias após os documentos terem sido recebidos pelo Ministério do Transporte.

Alguns usuário necessitam de acompanhante para se locomover, e este pode também usufruir do benefício. Cada deficiente só pode ter um acompanhante, não necessariamente precisando sem algum familiar do deficiente. No laudo médico deve constar sobre a necessidade do acompanhante para que o mesmo posso solicitar o benefício.

O acompanhante deverá preencher o cadastro da mesma forma que o usuário, pela internet ou enviando pelos Correios. Para se cadastrar não possui nenhum custo. Depois de enviar as documentação, tanto o usuário quanto o acompanhante deverão aguardar o recebimento das credenciais. Em caso de dúvida, procure o Ministério do Transporte.

Publicidade

####_300x250_2_####

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *